Posts Populares

Postado Por: Janaína Pupo 4 de abr de 2011


Olá meu povo querido!

Eita, que saudade daqui e de todos vocês. Pois é, recebi um convite de alguém “arretado” de especial para ir passar uns dias na cidade maravilhosa e claro que não resisti, né? Lá fui eu com minha modesta “malinha” para o Rio de Janeiro, aliás, eu sou uma paulista branquela apaixonada pelo Rio, mas a mamata terminou.
Estou de volta e aproveitando que fiquei distante do blog por alguns dias, vou falar de um assunto que é um tanto polêmico, o namoro à distância.

Quando digo namoro à distância, me refiro à lonjura meeesmo. Não estou falando de cidade vizinha, nem da rua de trás, ok? Vinte, trinta minutinhos ou uma hora não vale.

Muita gente (a maioria) acredita que um namoro desse tipo não dá certo. Eu boto fé, e não é só “achismo”, digo por experiência própria, afinal, meu bofe mora longe, mas não estou aqui pra falar de mim, é muito melhor falar da vida dos outros, né não?
=P

Tenho amigos que vivem assim. Juliana, uma super (hiper, mega) amiga, mora em Brasília, seu príncipe Cristiano mora aqui em Sampa, claro que pinta a saudade, mas o namoro é só love e tudo indica que muito em breve o “macho cat” da Ju mude para pertinho dela (êêê maravilha!).

Fred, outro grande amigo meu, conheceu Iara, se apaixonaram e praticamente levavam o namoro via internet (bendito MSN, Gtalk, Skype, blá blá blá). Ele morando em Ubatuba, ela em São Paulo e adivinha? Hoje eles estão casados e muito felizes, tá meu bem? (Não! Não é casamento à distância!).

Estão vendo?
Não é lenda, é real o bagulho!

Ok, não é fácil manter um relacionamento assim. Se um namoro “normal” tem lá suas dificuldades, imagine namorar alguém que fisicamente não está perto de você?
Não é marmelada, não!

No início você dá uma de Xana (ops, Xena), a guerreira ou de Tarzan, o rei do pedaço (da selva) e acha que vai ser baba, afinal, vocês descobriram que se amam e que a distância não vai atrapalhar em nada.
Uma ova!

Todo esse mimimi é da boca pra fora, porque quando nosso “macho alfa” (ou sua “fêmea beta” heim?) está longe, nosso cabeção tende a dar umas piradas básicas.
O ciúme pode pintar do nada, de coisas ridículas, tipo, ter ciúme até do teclado dele (a) que é mais tocado que teu lindo corpicho.
Ciúme do copo que ele (a) bebe leite, café, suco, coca-cola, pinga, seja lá o que for, pois aquele copo “beija” mais aquela boca do que você!

Ficou bem “Wando” isso, né?
Brega ao extremo!

Se você não é ciumenta (o), maravilha, tudo fica mais fácil, só que se prepare, porque cedo ou tarde um ciuminho vai pintar.
Se você é daquela (daquele) que diz que tem ciúme moderado, cuidado. O bicho vai deixar de ser moderado, lhe garanto. Logo você vai começar a ver pêlo em ovo.
Agora se você é carne louca, ciumenta (o) pra valer, a ponto de querer rasgar o “toba” e se virar do avesso de tanto ciúme que sente, cai fora dessa relação, senão no próximo encontro com seu amado (a) ao invés de matarem a saudade, você vai é matá-lo (la) e ser manchete no programa do Datena (é meu bem, só gente de poder aparece na rede Globo e você nem é ex BBB pra aparecer no Faustão).

Fato é que o ciúme costuma ser maior entre o casal que namora à distância e isso é normal, pois é bem mais light não ter ciúme quando você conhece todos os amigos dele (a), quando sabe que se, a saudade bater, é só pegar o telefone, ligar e dizer que está passando na casa dele (a) pra dar uns beijinhos (ou dar tudo ou “comer” tudo).


A insegurança também pode incomodar um tiquinho (muito) e esse sentimento é de fazer o cu cair da bunda. Você começa a pensar que a qualquer momento ele (a) pode te trocar, te deixar de lado, se apaixonar por alguém que esteja perto e de repente, quando você se dá conta, percebe que só pensa nisso, vira uma neura.

Pode acontecer dele (a) se apaixonar por outra (o)?
Claro que sim! Mas qualquer casal está sujeito a isto, não precisa um morar longe do outro, portanto, controle-se, não vale à pena ficar pensando nisto, sofrendo por algo que não aconteceu (e talvez não aconteça).

A ausência machuca pra caraleeeo. Bate carência, sim senhor. A saudade cresce, sim senhor. A vontade de estar junto aumenta a cada dia, sim senhor. Mas meu povo, se Maomé não vai até a montanha, a montanha vai até Maomé, certo?

Se vocês estão sem possibilidade de marcar um encontro para logo, bora abusar dos recursos que restam que é a “zinternet”, MSN, Gtalk, Skype, SMS, telefone, celular, cartas, sinal de fumaça, sei lá. Tá, não precisa parar sua vida pra ficar na frente do computador ou do telefone, deixar de sair, se divertir, cumprir seus compromissos O importante é que mesmo estando longe, você se sinta perto do seu love. Isso ajuda muito a manter o namoro, afinal, imagine namorar à distância e a pessoa não dar o ar da graça. Nada de telefonemas, nada de SMS’s “breguinhas de amor”, nada de “Zé-mail”... ah, me poupe!
Desse jeito você está amarrando sua vida num defunto.

E o sexo?
Uiii, aí que tá. Faz uma faaaalta danada. Mas a moçoila pode “quebrar o galho” com a dança dos dedinhos (não é a dança dos dedinhos da Eliana, não), ou pode abusar dos “brinquedinhos” eróticos e até mesmo comprar um consolo e batizá-lo de “Gael Garcia Bernal” ou de “Javier Bardem” (aiii, até suspirei), enfim, não importa o nome, se preferir batize-o com o nome do teu bofe.

Já o moçoilo não vai querer comprar um consolo (acho), e aí abuse dos filmes eróticos, pornôs, sacanas ou até mesmo de sua imaginação. Mostre para o teu “amiguinho” que suas mãos são camaradas e que “ele” pode contar com “elas” sempre!
Agora se “a seca” estiver muito foda (por falta de foda), tente abortar o pensamento “sexo” por um tempinho. Conte a tabuada de cabo a rabo (não pense em rabo), jogue sudoku, assista um programa político, invente qualquer coisa!

E a despedida?
Puta que pariu, essa é a hora mais difícil. Demora tanto pra você ter a chance de encontrar pessoalmente tua “cara metade” e quando estão juntos o tempo passa voando. A despedida é com certeza o grande teste pra saber se você tem algum problema cardíaco, porque vou te dizer, viu... haja coração. Por isso, vê se quando vocês estiverem juntos, nada de ficarem de picuinhas, ciuminho ou coisa do gênero. Aproveitem e muito!

Para mim, a peça chave para um namoro assim dar certo é a confiança. Não deixem de conversar sobre tudo, tudo mesmo. Se a pessoa fizer algo que te incomodou, fale e não fique engolindo, remoendo, senão, vira uma bola de neve. Está com crise de carência? Ligue para ele (a) e peça “colo”. Viu algo no Twitter, Facebook, Orkut que te deixou com ciúme? Ligue também e pergunte o que “foi aquilo”. A conversa é muito importante e com certeza nos trás confiança.

Sem querer dar uma de garota propaganda da TIM, de viver sem fronteiras blá blá blá, mas agora mostrando pra vocês meu lado “piegas”, eu acredito que o amor supera tudo, inclusive a distância (óuhummm que meiga).

E aí você me pergunta:
Mas então vale mesmo a pena apostar em um namoro deste? Pode dar certo?

Baby, eu não sou metida a mãe Dináh pra dar uma resposta desta. Todo relacionamento pode NÃO dar certo, ok?
Eu acredito sim que namoro a distância pode ter futuro, agora se vai dar certo ou não, só vivendo essa experiência para saber, tem que dar a cara à tapa!

E você, assim como a Blitz, acredita que pode ter um namoro feliz estando “milhas e milhas distante do seu amor” contando os minutos para estar “a dois passos do paraíso"?


Beijos e boa semana, meus amores!
Jana Pupo.

Dicas, dúvidas, críticas e sugestões escreva para:
jana.pupo@yahoo.com.br

Meu twitter
=)

{ 36 comentários... read them below or Comentario }

  1. Oiii, Janaína...
    Obrigado pelo comentário na nossa postagem...
    Também gosto muto de seus posts!

    Beijão! E tenha uma ótima semana! =D

    ResponderExcluir
  2. Já namorei o meu primo que morava no interior, com apenas duas horas de viagem, e não deu certo. Conheço um amigo que ama a garota, mas sabe o quanto pesa.

    Acho que é muito difícil de levar... São poucos os que conseguem...


    Beijos, Xará!

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Bom , no meu caso não deo muito certo não ... mas o caso foi que eu namorei primeiro e fui conhecer depois.

    ResponderExcluir
  5. Oii!
    Este assunto é de veras muito interessante
    já namorei à distancia
    mas DISTANCIAAAAAAAAA
    meu namorado era indiano, e namoramos por 4 anos, nos conhecemos no primeiro ano de namoro, depois não deu mais pra ele vir e eu n pude ir e nos concordamos por terminar amigos, e somos amigos até hoje depois de 2 anos do fim.
    As vezes quando escrevo em inglês no meu blog é pra ele ler! Haja força pra dar sequência numa coisa desta.
    amei teu post!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkkkk Tu é maluca, é? Como alguém pode ser tão ingênuo em namorar alguém de tão longe? Eu sequer cogitaria uma coisa dessas...
      Até minha filha de 11 anos saberia que é roubada.
      Mas aposto que serviu pra ti lamentar o tempo perdido e nunca mais cair noutra do gênero. rsrsrs
      Desculpe, mas fiquei incrédula!!

      Excluir
  6. Oi linda,acredito q qd é pra dar certo dá mesmo q ele more noutro pais!
    bjk

    ResponderExcluir
  7. Adorei ser "retratado" como exemplo, é isso mesmo, é isso que vivo, não é facil, tem que ter a manha e a paciencia de um monge tibetano, mas estamos juntos sim, felizes e contentes, comprometidos com o ideal de ficarmos juntos para sempre e isso vai ser em breve, sexta vou pra lá mais uma vez e espero que seja uma das ultimas, pois a saudade doi mesmo...Tenham coragem e sigam meu exemplo, amar é gostoso e bom de mais, tenham certeza do que querem e saibam quem a pessoa e curtam, se amem e sejam felizes, assim como eu estou!

    Beijos "parenta" adorei!

    ResponderExcluir
  8. Não só acredito como sou a prova que namora a distância dá certo.
    Eu e meu marido nos conhecemos em uma comunidade do orkut. Ele do Rio de Janeiro e eu de Jundiaí/SP. Nos falávamos todos os dias, por msn e skp...telefone só em casos de urgências.
    A gente se uma vez por mês, as vezes até 40 dias era a demora.
    Namoramos dois anos e eu vim morar com ele. Estamos juntos a 05 anos.
    Sofremos muitooooo com a saudade e principalmente com as despedidas, mas a cada reencontro tínhamos certeza que era pra sempre.
    Você veio para o Rio e nem me avisou? Poxa...quando vier de novo me aviseeeee.
    Um beijo lindonaaaa

    ResponderExcluir
  9. Janaína, prazer estar aqui! Parabéns a você também! Grande abraço! Boas blogagens! “E a falta que aquilo faz não mata, não dói, mas é pior que se matasse e doesse. Não é verdade? [sorrio]”

    ResponderExcluir
  10. PROMOÇÃO!!! DIVULGUE, PARTICIPE E CONCORRA a uma Lingerie de Luxo! http://chantybrasil.blogspot.com/2011/04/participe-promocao.html

    ResponderExcluir
  11. Ai amiga-irmã-amada, que saudade!!!
    Parece que esse post foi escrito por mim :) e como temos intimidade sei que não tem problema eu dizer isso.
    Realmente, eu e Cris estamos vivendo esse amor à distância. É difícil sim, dói muito, mas fortalece porque o amor entre nós é verdadeiro e sincero.
    Conversamos muito e sobre tudo. Não deixamos passar nada que nos desagradou e estamos sempre em sintonia um com o outro. É impressionante como sempre mandamos SMS, tweets, e-mails, ligamos quando um está pensando no outro.
    Logo estaremos juntos e em definitivo :) e você será nossa madrinha de casamento :)
    Acreditem no amor, pois ele vence todas as barreiras :)
    Beijos
    Ju Almada

    ResponderExcluir
  12. Nossa adorei o post,essa é uma realidade que muitos convivem.

    Namoro a distancia ah,é complicado e gostoso,bom vai fazer um ano que eu namoro uma guria do Paraná,bom minha familia é de lá e devido ao meu trabalho e meu marido não tenho muito tempo para viajar,mas sou louca para ver minha princesinha linda e creio que possa dar certo sim.

    Sei que tenho meu marido,mas estamos em crise e nesses momentos de crise ela sempre me apoia,não para me separar apoia para eu poder superar.

    Bom finalizando eu concordo com tudo e acho que para o amor não há distancia e nem sexo basta ter amor e força de vontade.

    Bom vou parar por aqui se não vou te confundir rsrs.

    Bom achei seu Blog lindo e estou me tornando sua seguidora.

    Bjs Jéssykinha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Coitado do teu marido!! Trair um homem é horrível, mas trair com uma mulher é imperdoável. Olha que tu vais pagar bem caro por isso...
      Ora, se descobriu que teu negócio é colar velcro, seja mulher e assuma pra família e pro mundo!
      Ah!!Sou careta e retrógrada sim, graças a Deus!!

      Excluir
  13. Gata, amei o post!
    Se eu acredito em namoro a distância? CLAROOOO! Quando estava noiva do meu marido, ele foi trabalhar em São Luis-Ma, e eu aqui no Rj, ficamos 6 meses separados, até eu ir morar com ele lá...
    Rola carencia, rola insegurança, mas concordo que o segredo seja conversar bastante e confiar, não tem jeito!
    É possível sim !

    Beijooos Jana...Saudades de passar por aqui....

    ResponderExcluir
  14. aii vivo um namoro a distância e confesso é muito complicado,,,,
    gostei do post

    ResponderExcluir
  15. Aposto na carta 7 se e a virada for 6 a banca é minha e ninguem tasca. Amor a distância é igual um jogo de truco: é pura sorte. complicações sempre vai existir a longa distância ou na vivência sob o mesmo teto. E quer saber, as vezes funciona melhor a distância que a quatro passos,creio que o que tem que ser será.
    Em muitos casos o que rege mesmo é pura curiosidade virtual e fatasia de possuir.

    * AH, parabéns atrazado pelo o bebê =D *

    DARK

    ResponderExcluir
  16. Olá flor... Acredita que senti sua falta por este vasto mundiko virtuale?? Éhh senti sim...
    Então, já vivi um romance desse nipe, mas não deu muito certo não, afinal sou LIBRIANA - um bichinho carente de atenção e carinho constantes, então não soube lidar muito bem com a distância, mas foi bom sim enquanto durou!!! E me tornei muiii amiga do meu ex...
    Mas se abri a porta da minha vida pra algo assim, claro claro que acredito num amor a distância... e aconselho e MUITO.

    O importante é ser feliz e pra isso nosso Papai lá do céu não mandou um manual, temos que fazer do nosso jeito e acreditar, apenas isso.

    Um super beijo
    e uma semana linda

    ResponderExcluir
  17. Janiiiinhaa e exatamente o que EU estou vivendo agora...puts...incrível...
    eu acho que dá certo sim...exatamente com tudo que vc disse...CONFIANÇA...e sendo tudo esclarecido...com os dois...sinceridade...verdade...transparência...
    amor...carinho...e muiitoo mais...
    eu acho perfeitamente possivel...um namoro a distância...casamento...e tudo mais...
    to vivendo isso...e to com muita fé de que vai dar certo...
    é isso ai janeiinhaa bjbjjboss migaa amu tuu!!!
    com carinho...
    HUGO PALAZINI.

    ResponderExcluir
  18. aiaiai Jana..
    talvez fosse melhor eu pular o comentário no post de hj..pq n to nada romântica..
    rsrsrsrsrs
    primeiro:vc esta voltando e eu estou indo p o rio daqui a duas semanas!!!!!!!!!!
    ebaaaaa!
    =)
    sou carioca mas tem mais de dez anos q n vou na cidade maravilhosa acredita?
    agora sobre o post sei que tem gente que vive isso que diz q da certo..inclusive esse tema é mto bem retratado no filme "amor a distância" recomendo..
    mas eu sinceramente n acho que de certo..pode até dar com alguns,mas são poucos..
    se a gente tem ciume estando pertinho,imagine longe?com varias barangas do ladinho do nosso bofe?n dá..rsss
    e outra:n da p viver a vida toda longe,uma hora um dos dois tera que ceder e sair da sua zona de conforto,da cidade que cresceu,de perto dos seus amigos,da familia..e ai dificil ne?
    sei la p mim eu preciso de pele,de presença..
    esse lance de estar mas n estar ao mesmo tempo com alguem acho mto dificil..p mim n daria certo..
    ja tentei uma vez so e n deu mesmo..
    mas desejo boa sorte a vc e a todos q namoram a distancia! beijos

    ResponderExcluir
  19. posso falar com conhecimento de causa. Moro no interior de SP e meu namo em porto alegre.
    ultima vez que nos vimos foi a 2 meses atras. Da certo. da. mas tem q ter mta conversa, tem q confiar demais, tem q se segurar mtas vezes pq a saudade doi e aperta demais. Tem q controlar ciumes, tem q tentar estar o mais perto possivel.
    Bom, estamos juntos a 4 anos, e eu o amo demais.
    Entao se realmente eh amor, vc tem q se empenhar pq nao eh facil, mas qdo o sentimento eh de verdade, td vale a pena.

    ResponderExcluir
  20. Oi Jana.Eu sou sua fã,sempre comento aqui mas hj vou comentar como anonimo porque não posso expor meu casado hehehe.Isso mesmo,além de namorar a distancia fui me enrabixar justo num homem casado.Diz se o urubu não cago em mim?huahuahua
    Ele mora em Recife e eu em Sumpalo.Nos encontramos no maximo 5 vezes no ano.É dificil e muito.Só que no meu caso não é a distancia o grande problema é o casamento dele.Se ele fosse solteiro,por maior que fosse a dor da saudade eu suportaria,porque poderiamos fazer planos de um dia vivermos juntos pra sempre.Só que esse plano jamais iremos fazer pq ele já tem alguém pra sempre.Estamos juntos há 5 anos.Estou com 37 anos e ele 48.Ele já tem filhos,eu não.Ele já tem familia,eu não.As vezes tenho vontade de tomar um novo rumo,abrir mão deste amor e procurar outro homem pra chamar de meu.Como te falei tenho 37 anos e tenho consciencia de que esse amor é falido.Ele não tem nada a perder mas eu to perdendo muito.Quando somos jovenzinhas achamos graça em tudo mas a idade vai chegando e sentimos necessidade te ter um amor inteiro do nosso lado,um companheiro.Jana hoje eu fiz uma sessão desabafo aqui hehehehe.Mas então voltando ao assunto eu sou a favor do namoro a distancia e acredito que pode dar certo.tenho varias amigas que começaram namoro assim e hoje estão casadas.Agora se me perguntarem se sou a favor de ser a outra,a amante,eu mando a pessoa não entrar nesse barco nunca huashuashuash.Só não sai deste barco ainda pq o amo muito.
    Beijão minha flor.

    ResponderExcluir
  21. É, Jana, esse trem de distância é foda! Eu que o diga!

    "Mas tudo passa, tudo passaráaaaa....." bem Nélson Ned...hehehe...acho que não é do seu tempo, não. hehehe....

    Beijocas!!!!

    ResponderExcluir
  22. Jana que saudades de vc minha amada...caraca...
    Confesso que ri muito com sua maneira de expor a situação...vc é hilária...rsrsrs...
    Mas a Dark tem razão...isso é pura sorte...
    pois a qualquer momento pode surgir a tal "tentação" é aí...fud... tudo...rsrsrs...
    Amiga obrigada por estar sempre nos meus blogs...
    e eu não te esqueço viu...
    Bjs amada...

    ResponderExcluir
  23. Amiga, eu namorei a distancia um tempão tbm, um cidadão lá de Belo Horizonte, por um tempo deu certo e a saudade ate ajudava a aproximar mais a gente.
    mas depois ele foi crucial para o desgaste. Durou 4 anos (antes dissoclaro) moramos juntos lá e depois terminávamos e voltamos,isso quase 5 anos. Até que cansei, o amor naõ foi suficiente.

    beijossss e ...vc veio no Rio e nem me disse nada :- (chata)...HMM.

    ResponderExcluir
  24. É, minha linda ... distância deve ser phoda. Se dá certo ou não, cada caso é um caso.

    Beijooo deste lado do mar!

    ResponderExcluir
  25. Nunca vivi um namoro à distância por isso e acho que fugiria de relacionamentos assim mas acho que ninguém escolhe viver desse jeito né! Deve ser muito complicado para administrar a carência. Bom mesmo é estar juntinho! Mas eu acredito sim que pode dar certo quando existe um amor verdadeiro.

    Beijocas

    re_sakura

    ResponderExcluir
  26. Eu acho que namoro à distancia é namoro à distância mesmo se a pessoa morar na rua de trás... Porque a gente não sabe em que situação o casal se encontra... Rua de trás é exagero, mas as vezes existem outros problemas por trás.
    Mas enfim, eu também acredito que possa dar certo!! E sem "achismos" hihi

    ResponderExcluir
  27. Moça! Voce lembra de mim ainda, nao lembra? Bom, se nao lembra é bom ir lembrando pq te enviei um convite para acessar meu blog (agora particular!)

    Ah, e quanto ao assunto de namoro a distancia, eu ja vivi bem a fase de me fazer passar por principe quase-encantado para em seguida magoar algumas garotinhas ingenuas virtuais. Ah, como isso era cruel, mas nao sei porque me fazia um bem danado...

    BEIJOS!

    ResponderExcluir
  28. Bah distancia é foda,muito complicado,são poucos q dão sério..Mas existe os que teimam que vai dar certo,enquanto isso a guampa pega!!kkkk
    bjs lindona

    ResponderExcluir
  29. Difícil dizer algo pois tem coisas na vida da gente que precisamos passar para poder avaliar, beijo sorte.

    ResponderExcluir
  30. Querido gerente, onde está o convite?

    ResponderExcluir
  31. São tempos dificieis para aqueles que namoram a distância!!

    Janaaaa..que saudades gigantescas de vc!! te adoro demais..

    obrigada pela preocupação e desculpe minha ausência!

    um beijo..

    ResponderExcluir
  32. Eu namoro a distância e é muito difícil mesmo, principalmente quando os pais dizem que não gostam do namorado. Aliás nunca gostam dos meus namorados. Eu já refilei imenso com o meu namorado, chorei... Ele sai com os amigos, confio nele, mas ao mesmo tempo sinto medo, peço-lhe para me dar sempr um toque quando ele chega a casa. Como se liga-se fosse sinal de fidelidade. Ele pode ligar na mesma e ter estado com outra, mas é um vício que tenho. Ele habituou-me também a isso no início do nosso namoro. Conheço os amigos dele que quando eu ligo enviam quase sempre bocas, principalmente quando tão a jogar as cartas. Apetecia me partir a cara do gajo. Ele diz que não tem ciúmes porque confia em mim, mas já fez uma cena de ciúmes... não entendo.Toda a gente diz que ele me ama, menos os meus pais. Eu amo-o e sinto que ele me ama, massss as saudades, os ciúmes...

    ResponderExcluir
  33. Eu namoro a distância a alguns meses, no começo foi mt, mais mt difícil mesmo, nao to dizendo que agr é facíl,continua sendo difícil, mas sempre que agt pode se vê, agt se vê, vivemos na ponte aérea.
    Morava no mesmo estado, praticamente do lado dela, hj ela mora em Brasilia e eu em Belém, de três em três meses nos vemos, no começo pensavamos mt que não ia da certo e tal, hj posso dizer que não é namoro que queria ter, a distância, mais é o namoro que sempre quis ter, meio contraditorio, e ela é a mulher da minha vida, esse ano que vai entra vamos decidi quem vai morar com quem, porque não aguentamos mais a saudade, se eu vou pra lá com ela ou se la volta e mora comigo, vamos nos vê agr final do ano, se Deus quiser vamos ficar noivos em dezembro, nós estamos juntos a 1 ano e 5 meses namoradando, e desse tempo todo, estamos namorando a distância a 1 ano. Mas como você disse, a confiança é base de todo namoro, eu confio demais nela e ela em mim, por isso nosso namoro da tão certo, as vezes tem uma briguinha, um ciuminho e coisa e tal, mas qual namoro nao tem, né? Tudo que acontece, é porque Deus quer, se era pra gnt namora a distância, vai servi pra alguma coisa no futuro, nosso relacionamento é bem mais forte agr. Tenho certeza que vamos nos casar e vamos ser felizes porque nós nos amamos.

    ResponderExcluir

- Copyright © 2013 Janaina Pupo - Traduzido Por: Template Para Blogspot