Posts Populares

Despedida de solteiro

By : Janaína Pupo



Olá meu povo querido!

Recebo alguns e-mails de “futuras esposas” desesperadas, sem saber como agir, pois os futuros maridos querem realizar a tal despedida de solteiro.

Bruna conta o seguinte:

“Desde que eu e Marcelo marcamos a data do nosso casamento, ele vem falando da despedida de solteiro. Eu fico insegura, pois sei que nessas festinhas só rolam putarias e por mais que eu confie nele, não confio nos seus amigos. Já propus de tudo para que ele não faça a despedida de solteiro, mas parece que não terá jeito. O que eu faço? E se ele me trair?”

Suzana também tem andado angustiada:

“Jana, o Rogério sempre foi malandro. Sofri muito no inicio do nosso namoro porque o flagrei mentindo várias vezes. Na ultima discussão feia que tivemos foi por causa de uma traição, ele estava saindo com uma vizinha. Separamos-nos e de tanto ele implorar, acabei voltando e meses depois marcamos a data do matrimonio. Vamos nos casar em Abril e esses dias tem sido um inferno, porque ele diz que os amigos vão dar uma festa de despedida de solteiro para ele e que por isto, ele não pode recusar. Tenho medo, meu coração diz que ele vai aprontar. Não sei como agir, me ajuda?”

Vivian parece ter trauma da tal despedida de solteiro:

“Fui casada durante quatro anos e na nossa lua de mel, o cachorro do meu ex marido me passou uma doença venérea e confessou que dormiu com uma prostituta em sua despedida de solteiro e não usou camisinha. O casamento não deu certo e nem foi por causa disto. Depois de anos separada e sem querer compromisso sério com ninguém, conheci o Augusto. Hoje estamos com o casamento marcado e ele quer fazer a despedida de solteiro. Eu já falei que se tiver despedida de solteiro, não terá casamento, pois enquanto ele se diverte no meio de um monte de mulheres junto dos teus amigos, eu vou ter que aturar um monte de mulheres falando na minha orelha e me presenteando com panelas. Ou despedida de solteiro ou casamento, ele escolhe. Estou errada?”

Patacaparéu, que bafão, heim meninas?

As três inseguras, com medo de entrarem na igreja segurando o “chifre pré matrimonial” ao invés do buque.

Já passei por sensação parecida, mas não era eu que ia casar... meu ex namorado queria participar da despedida de solteiro de algum amigo e eu boicotava, dava uma de carne louca, fazia escândalo, esperneava, vestia fantasia de satanás a ponto de atormentar tanto a vida do pobre que ele acabava não indo.

Quer saber?
Eu devia era ter o deixado ir, mas eu era muito menina, não botava tanta fé no meu taco.

Seguinte meninas... acho que vocês devem desencanar e deixar os moçoilos aproveitarem a despedida de solteiro. Sabe aquela história de que não adianta proibir, afinal, o proibido é mais gostoso? Pois bem...

Quando o homem ou a mulher quer fazer algo, mesmo sem ter o consentimento do parceiro, se ele (a) quer mesmo, dá um jeito, vai e faz!
Dá a desculpa de que está triste, com enxaqueca, a puta que o pariu e vai pra night tocar fogo no puteiro!

Antes, com o meu ex, eu tinha piti, faltava dizer que ia cortar os pulsos com faquinha de pão pulman. Hoje, se meu bofe disser que quer ter ou participar de uma despedida de solteiro, com certeza vou agir diferente, tipo:

- Vai sim, querido. Aproveite bastante. E se você não conseguir resistir à tentação e for pra cama com outra, use camisinha e tente não pensar em mim.

Boazinha, eu? Liberal?
Nada disto! Fato é que, se o cara quiser aprontar, vai aprontar de qualquer jeito.
E eu não vou ficar em casa chorando, nem rezando para todos os deuses para que ele fique com a consciência pesada e não faça nada de errado. Vou ligar para uma amiga e me jogar na noite, dançar, dar risada, aproveitar (também).

Agora um conselho para a Bruna, Suzana e Vivian:
Meninas sejam espertas! Tá, tem o chá de panela e cá pra nós, isto está ultrapassado. Façam o chá de panela para as mulheres da sua e da família dele, as cocotas que falam mais que a boca e são caretas. E depois, meio que em off, faça um chá de lingerie com as suas amigas, com direito a boate e homens lindos dançando só de sunga!
Se você for poderosa e tiver como contratar alguns gogo boys, a festinha pode ser particular para você e suas amigas na sua casa, afinal, que mal tem ver uns moçoilos saradinhos dançando especialmente para você (eu prefiro saradinho, ou caras “normais”, naõ gosto de homem saradão, bombadão, parecendo personagem de jogo de luta de vídeo game).

Brunas’s, Suzana’s, Vivian’s, parem de ficar se remoendo. Vocês escolheram estes homens e estão prestes a se enforcarem, ops, casarem. Um dos itens importantes para um relacionamento dar certo é a confiança. Se a pessoa quiser trair, não precisa ser numa despedida de solteiro. E tem sim como ir a uma festa deste tipo e não rolar nenhuma traição, só diversão.


E você, é a favor ou contra a despedida de solteiro?

*

Beijos e boa semana, pessoal!
Jana Pupo.

Dúvidas, críticas, dicas e sugestões escreva para:
Jana.pupo@yahoo.com.br


P.S.: Meus amores, estou sem internet, então só vou responder os comentários, e-mails e visitar os outros blogues na quarta-feira.

Amor e sexo.

By : Janaína Pupo



Olá meu povo querido!

Finalmente estou de volta!
Viajei para Buenos Aires e foi bem legal. Confesso que meu fiofó travou no avião, senti medo pra cacete daquele treco com asas, definitivamente prefiro meus pés no chão, da próxima vez vou de trem, ônibus, mobilete, camelo, calango, sei lá, mas claro que valeu a pena todo este terror (olha o drama).
Conheci gente nova, lugares diferentes (e lindos), fui em uma balada horrorosa e fiquei 15 minutos, dei risada, reclamei, quase morri de calor, fui no zôo e tive contato direto com tigrinho, leãozinho, tigrão e elefantes, andei mais que notícia ruim, passei “perrengue”, mas estou viva, viajada e com saudade de vocês!

Bom, a Argentina é linda, os argentinos então, ulálá, mas vamos falar do que interessa... sexo!
O texto de hoje é curto, mas “gostosinho”. Quero mesmo é saber a opinião de vocês...

Amor e sexo. Duas coisas maravilhosas, mas nem sempre os dois “andam” juntos, não é?

No filme “Divã”, Lília Cabral (Mercedes) diz:
Sexo com amor é bom, sem amor é melhor ainda.

Pois bem, entendo perfeitamente essa frase. No meu ver, sexo SEM amor é bom pelo fato de transar sem preocupação. “Como assim, Janaína?”

Oras, quando você “transa por transar”, você não tem compromisso com nada, não há “obrigações”, tem só um sentimento envolvido, o desejo e este nada têm a ver com o amor. Desejo sem amor costuma não machucar, porque o amor é ótimo, claro, mas sempre causa algumas feridinhas, né não? Pode ser até ferida grande, uma sarna das brabas!

“E como é isto de sexo sem amor?”

Você conhece a pessoa, fica atraída (o) por um gesto ou pelo o olhar, pela boca carnuda, pelo corpo magro, sarado, gordo ou até pelo jeito que o fulano (a) conversa. O desejo faz “plim”, passa por seus poros e de repente, você está na cama com aquela tentação, ops, com aquela pessoa. Vocês transam, parecem duas lagartixas no cio, fazem a dança da girafa (que isso?), literalmente se comem, sentem um puta prazer, gozam e ...?
E pronto!
O desejo é saciado e você continua livre, bela (o) e solta (o).

Pode acontecer de vocês saírem outras vezes, mas logo tudo vai para o ralo, pois essas aventuras onde só cabe o desejo não vingam. Raramente sobrevive à convivência, ao dia a dia.

Ah sim, tem muita mulher que (assim como o homem) está à procura só de sexo, que separa muito bem sexo de amor. Ou você, queridinho, acha mesmo que aquela garota que você conheceu na balada e levou direto para o motel estava usando lingerie transparente ou de renda só por usar?
Tsc, tsc... ela já tinha planos (quentes) em mente!


“Ahhh, mas sempre fica aquela sensação de vazio depois”.

Se você tem esse pensamento, então não trepe por trepar, meu bem. Senão você vai viver mais vazio que geladeira de pobre!

Sexo com amor.

É bom, traz segurança, conforto, você tem um colo pra deitar, alguém para amar, receber e dar carinho, brigar, discutir, dividir bons momentos, mas (depois de um “mas” sempre vem bomba) não quer dizer que seja perfeito. Aliás, nada é perfeito.

O ser humano é um eterno insatisfeito, sempre tem algo para reclamar. O casal que se ama faz amor e em minha opinião, às vezes os pombinhos deveriam deixar o tal amor de lado, colocar por algumas horinhas lá no armário e trepar!
Ei, não estou falando de traição e sim de “inovação”, deixar o romancezinho de canto, o “cuti cuti”, aquela coisa “piegas” e ter uma transa mais selvagem, daquelas de tirar o fôlego (eita coisa bôuuua).

Sexo com amor é ótimo, mas nem sempre é fácil encontrar o tal príncipe ou a tal princesa, ou seja, se você deseja amar e ser amada (o), continue procurando, só não vale desanimar mesmo se deparando com muitos sapos ou pererecas (ou rã?).
Quem procura acha!

Como diz a Rita Lee: Amor é bossa nova, sexo é carnaval.

E vocês, preferem bossa nova, carnaval ou os dois “ritmos” juntos?



Beijos e boa semana, pessoal!
Jana Pupo.

Dúvidas, dicas, críticas e sugestões escreva para:
jana.pupo@yahoo.com.br


P.S.: Quem quiser ver as fotos da viagem estou colocando aos poucos no meu fotolog.
E tem também no flickr.

Feliz 2011 (com muito sexo) minha gente!

By : Janaína Pupo

Olá meu povo querido!

Hoje venho desejar que 2011 seja um ano cheio de coisas boas para nós, com muita saúde, sucesso, conquistas, amor e muito sexo, muita sacanagem "da melhor qualidade", uiii.

Quero também agradecer a cada um de vocês que estiveram comigo em 2010, acompanhando o blog, deixando comentários, dando opiniões, fazendo críticas, sugestões, mandando e-mails confidenciais, enfim... continuem comigo em 2011, heim?
Obrigada pelo carinho, gente linda!


Estou saindo de férias, vou viajar e volto a publicar textos novos a partir do dia 17 de Janeiro de 2011. Se a viagem se estender, retorno com os escritos no dia 31 de Janeiro.

Sentirei saudade, mas prometo voltar com a corda toda!

Beijos meus amores, feliz ano novo, façam muito sexo (seguro) e até loguinho!
Janaína Pupo.


Ahhh, e não deixem de me escrever:
jana.pupo@yahoo.com.br

- Copyright © 2013 Janaina Pupo - Traduzido Por: Template Para Blogspot