Posts Populares

Postado Por: Janaína Pupo 19 de mar de 2012


Olá meus amores.

Passei dez dias em Cartagena das Índias – Colômbia e já estava morrendo de saudade de vocês. Ia contar aqui sobre a viagem, mas deixarei para a próxima semana, pois mais uma vez, tentarei ajudar um leitor desesperado e o assunto é um tanto delicado.

“Meu nome é Camargo, tenho dois filhos e fui casado com a mãe deles durante 32 anos. Hoje, estou com sessenta anos, há tempos meu casamento estava morno e descobri que sou gay. Sempre tive pensamentos proibidos com outros homens, mas achava que era normal. Minha esposa viajou de férias com meus dois filhos e eu conheci um homem na internet que me convidou para jantar e fui. Resumindo, acabei na cama dele, transamos a noite toda e nunca senti tanto prazer em toda a minha vida. Pensei e repensei, achei que deveria sufocar esse desejo, mas tomei coragem e pedi a separação. Minha esposa sempre foi muito companheira, sempre esteve ao meu lado, mas não é justo eu viver infeliz e fazê-la infeliz também. Ela entrou em choque, não quer ver minha cara e fica ameaçando contar aos nossos filhos. Não sei o que fazer em relação a eles, amo os dois e embora eles sejam adultos, não sei como irão reagir. Os encontro quase todos os dias, eles vem me visitar e respeitam o término do meu casamento, mas não sabem o real motivo. Fui muito covarde por largar a minha família e viver a minha vida, mesmo já tendo sessenta anos? Sou menos homem por descobrir que tenho atração por outros homens?”

Camargo, meu querido, de covarde você não tem nada, tá meu bem?
Diferente de muitos homens, você saiu para uma nova experiência, foi literalmente “jantado” e teve atitude de um PUTA MACHO por ter coragem de dar a cara a tapa, contar a verdade para a sua esposa e correr atrás do prejuízo.

Tem homem que trai a mulher a vida toda com outras mulheres, reclama do casamento e vive acomodado, na mesmice, naquela vidinha morna, sem carinho, sem trepar, sem nada para acrescentar, mas vive assim só pra manter a aparência de que é um bom marido, um bom pai, um bom exemplo.
Exemplo de que?

Se você é menos homem por ter tesão por outros homens?
Não mesmo! Não existe “o mais homem” só porque é hetero. Você é homem e ponto!

A meu ver, ninguém vira homossexual, já nasce assim. Alguns descobrem cedo, outros descobrem mais tarde. O importante é “sair do armário”, por mais difícil que seja encarar a todos por causa do preconceito (que infelizmente ainda existe) e ser feliz.
Inúmeros gays e lésbicas vivem “no armário” por causa da família, dos amigos, da sociedade e isso é triste.

Conheço pessoas assim, que se esconde e não sou daquelas que cospe pra cima, pois pode cair uma puta escarrada na minha testa, né? Por isso, sempre digo que, mesmo hoje eu não sentindo atração por mulheres, se um dia acontecesse de eu ter tesão em outra fêmea, não morreria “jamé” com essa vontade. Ia assumir e pronto, pois a vida passa rápido e temos que aproveitar (ok, eu sei que na prática não é tão fácil assim, mas viver reprimida é que não dá).
Não estou dizendo que a pessoa deve sair com um megafone anunciando que gosta de xoxota (se for lésbica) ou de cacete (se for gay). Mas a opção sexual não muda o caráter de ninguém (clichê, mas a pra verdade).

Uma vez, conversando com um amigo gay, ele me disse: “É foda.Quando conto para alguém que sou gay, tenho a sensação de que a pessoa fica me olhando como se eu fosse um cu gigante sendo devorado”.
E respondi: “Fulano, foda mesmo é comer cu de ouriço. Então por eu gostar de cacete você me enxerga como uma buceta gigante devoradora?”

Ele riu e depois de muita conversa, se rendeu, percebeu que estava sendo preconceituoso com sua própria pessoinha.

Ser diferente não é fácil, falo por experiência própria. Não sou lésbica, nem bi, mas por causa da minha aparência, das minhas tatuagens, do meu cabelo rosa, tem quem me aponte como se eu fosse a Christiane F. (drogada e prostituida).
Se a pessoa me perturbar muito, sou bem educada e digo: “Te presenteio com uma porção dupla de vai tomar no cu”. Se ela ficar magoada, sinto muito, era a minha intenção.

Cada um podia cuidar da sua própria vida, né? Seria ótimo.

Quanto aos seus filhos, em minha opinião, acho que você deve contar a verdade a eles. Você não deixará de ser um bom pai porque é homossexual. Claro que a situação é delicada, mas como você disse, eles são adultos e se você se expressar com carinho, com transparência, eles vão acabar entendendo e continuar te respeitando.
Muito pior seria se você continuasse casado com a mãe deles e mais tarde descobrissem que você a faz de boba, traição fode tudo. Mas não, você foi correto, abriu mão de um casamento de anos para não se machucar e não machucá-la ainda mais futuramente.

Outra coisa... crie gato, cachorro, rato, barata, iguana ou até lagartixa, mas não crie expectativas de que seus filhos vão aceitar 100% assim, de princípio. Pode ser que eles se revoltem (ou não), mas o tempo faz tudo amenizar e eles terão que respeitar sua decisão, afinal, não é crime ser homossexual, nem feio, nem sujo, nem errado.

Heterossexual, homossexual, bissexual, são todos seres humanos, porra! Detesto preconceito.

Camargo, tiro o meu chapéu pra você, achei sua atitude “digníssima”.
Estar vivo não é a mesma coisa que viver, e você, meu querido, está vivendo!


Beijos e boa semana, meu povo lindo.
Jana Pupo.

*

Dicas, dúvidas, críticas e sugestões escreva para:
jana.pupo@yahoo.com.br

*

Você ainda não tem o meu livro "Sexo, a gente lê por aqui"?
Bora comprar, meu povo!
É só mandar um e-mail para jana.pupo@yahoo.com.br solicitando que explico tudinho.

O livro custa 20,00 + o frete + um beijo meu + uma dedicatória especial + todo meu carinho.
*

Meu twitter ^^

Meu facebook =)

{ 14 comentários... read them below or Comentario }

  1. .


    Esta página continua sendo a mais
    bem elaborada dos blogs por aí.
    Aqui tem orientação para quem pre-
    cisa. Tem boa escrita e ótimo cam-
    po para o plantio.

    Um beijo,

    silvioafonso






    .

    ResponderExcluir
  2. Ah que saudades daqui...
    Minha amada vc anda famosa hein...
    Gente como viaja essa minha amiga querida e especial...
    Amada...que bom se todos tivessem a coragem do Camargo...mas a maioria se esconde atrás de falsos casamentos para mostrar a sociedade que tem uma vida perfeita...
    Que o Camargo seja exemplo para muito que veem aqui ler seu blog maravilhoso...
    Amada vc vai na Erótica Fair????
    Chego sexta cedinho em Sampa...e fico até sábado a noite...
    Vamos nos ver????
    Diz que simmmmmmmmmmmmmmm....ah eu quero tanto te ver...e o Cond vai comigo...meu irmão inseparável...

    Bjs e ótima semana minha linda...ti amo....

    ResponderExcluir
  3. Jana parabéns pelo belíssimo artigo. Tenho 41 anos e até os trinta vivi escondido no armário por causa da minha família. Me formei em jornalismo, comecei a trabalhar em um jornal renomado de São Paulo e fui morar sozinho. Quando contei para os meus pais,fiquei surpreso com o colo que recebi de ambos. As vezes fazemos tempestade num copo de tequila hahaha.
    Beijos e muito sucesso.
    A.F

    ResponderExcluir
  4. AS vezes nem descobriu, resolver se libertar, as pessoas ainda tem muitos preconceitos com o assunto,,,infelizmente, mas já vivemos num mundo onde são mais aceitos esses momentos...apesar de tudo que a gente ainda ve por ai...beijos de lindo dia pra ti minha amiga querida.

    ResponderExcluir
  5. Jana sou tua fã e o mundo seria bem melhor se houvesse uma cópia sua em cada catinho.
    Te acompanho há muito tempo e te acho um espetáculo de mulher em todos os sentidos.
    Um beijo no coração mais rosa pink e autêntico dessa blogosfera.

    Belle

    ResponderExcluir
  6. cantinho*

    Bjs Jana.
    Te adoro!
    Belle

    ResponderExcluir
  7. Eu diria, que a pior violência... é o preconceito, certo?

    Beijo[ta]

    ResponderExcluir
  8. Pobre do ser que rejeita-se como é.

    Boa semana caliente.

    ResponderExcluir
  9. Nossa que homem de atitude ele é ! Acho que é por ae mesmo , a gente tem que buscar ser feliz !
    Tudo que eu poderia escrever , a Jana já escreveu no post .Concordo plenamente .

    Bjosss

    ResponderExcluir
  10. Adoooro esse blog...
    Camargo PARABÉNS E MUITAS E MUITAS FELICIDADES....e teus filhos se te amam de verdade vão entender.
    Jana...belas palavras como sempre!!!!

    Bjus!!!

    ResponderExcluir
  11. Também tiro meu chapéu pra ele...independente da opção sexual dele e teve atitude e com certeza os filhos entenderão. Pode até levar um tempo para assimilar, mas amor de filho é incondicional.
    Beijos Jana

    ResponderExcluir
  12. Sua puta fica indussindo as pessoas a ser gay.Um homem velho desse sem vergonha na cara e vc acha bunito.Sua mau ezemplo.

    ResponderExcluir
  13. Nossa, Jana! Que história! Imagino o quanto o Camargo deve estar sofrendo, mas com certeza fez a coisa certa!

    Continuar casado e trair a mulher (seja com homens ou mulheres) seria ser covarde.

    Palmas pra ele! Tomara que os filhos enxerguem logo que ser bom pai independe da orientação sexual.

    E que a esposa não deixe se levar pelos pensamentos de que "perdeu 32 anos". Um homem gay pode SIM ter sido um excelente marido. Agora é bola pra frente para os dois.

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por que vocês mulheres gostam tanto de ver e fazer nós homens sairmos do armário? Rsrs...

      Excluir

- Copyright © 2013 Janaina Pupo - Traduzido Por: Template Para Blogspot