Posts Populares

Casa de Swing, enjoei?

By : Janaína Pupo

Olá, meus amores...

Gente, minha preguiça está maior que a música Faroeste Caboclo, mas sempre me empolgo na hora de escrever aqui. Hoje falarei sobre um tema repetido, Casa de Swing, mas o motivo não é curiosidade e sim, idas em excesso. Bora ler o e-mail da Sara.

"Me chamo Sara.Conheci meu marido em uma casa de swing  e 4 meses depois nos casamos. Achei que aquilo era uma fuga, tanto pra mim qto pra ele, afinal, sempre fui do tipo certinha, monogâmica, e até cantei em Coral de igreja, veja só. Mas eu estava numa fase meio porra-loca da vida e resolvi ir por curiosidade, não achei que ia encontrar um homem pra me casar lá! Ele estava se separando do seu segundo casamento. Ou seja, sim, sou a terceira esposa dele. Enfim, não demorou mto tempo depois, ele me pediu pra voltarmos a ir no swing, pois ele sempre foi sincero em dizer que curtia e  em dizer que não era adepto da monogamia, ou seja, ele não gosta de rotina de casamento, gosta de trepar com outras e gosta de ver eu dando pra outros tbm. Estamos assim há 4 anos, mas agora me pergunto se eh isso mesmo que eu quero pra minha vida. Ele me chama pra ir a cada 15, 20 dias no máximo, poxa, eu estou cansando disso, afinal, eu queria um casamento normalzinho, ou que a gente fosse que nem os outros casais que a gente conversa, tipo no máximo uma vez por mês, uma vez a cada dois meses, ele quer ir semana sim semana não, e quando peço pra gente fazer um programa normal, tipo ir ao shopping, ao cinema, ou num karaokê ele não me leva, só a vontade dele prevalece e estou ficando cansada disso. Agora meu dilema eh se fico com ele ou não, afinal claro que gosto dele, eu só queria um pouquinho mais de exclusividade, mas não quero mais isso pra mim, pelo menos não assim, com essa frequência. Desde que casamos há quase 4 anos, é  sempre feita a vontade dele. Me ajuda Jana, por favor!"


Caramba, Sara... mas pra que casar tão rápido? Tá, o que eu tenho com isso, né?
Enfim, é óbvio que ele iria continuar querendo frequentar casas de Swing e se você topou casar, é porque estava disposta a viver um relacionamento assim. Legal. Só que, cadê o dialogo agora, já que o excesso está te incomodando.

Sou a favor de tudo, quando proporciona prazer para ambos. Sempre fui bem sincera com meu bofe, expliquei que sou (talvez) egoísta, pois eu não conseguiria vê-lo acariciando e sendo acariciado por outra mulher. Minha nossa, eu viro carne louca fora do pão. Acho que tento assassinato com faquinha de bolo pullman, cruzes! Nasci pra ser a fêmea Alfa e ponto.

Sara, parece clichê, sempre digo isso e repito: a arma mais importante em um relacionamento é o diálogo. Então, chama teu marido para conversar, explica o que está te desagradando, te deixando insatisfeita. Se só é feita a vontade dele, a culpa também é sua, que permitiu que fosse assim, mas dá pra consertar, basta você querer.
Acredito que ele entenderá, afinal, você não está pedindo para deixarem de frequentar o Swing, apenas diminuir as idas. Diga também sobre as suas vontades de passear em outros lugares (como você me disse no e-mail), aproveita e fala tudo. E não se esqueça de deixar o bofe falar também, tá? Porque algumas mulheres (a maioria, eu diria), quando se empolga com o assunto, fala mais que a mãe da cobra, quase morre sem folego, sem ar, mas não cala a boca.

Bora lá colocar esse casório pra viver em harmonia e tesão de novo, minha querida. Leva um “lero” com o maridão, se entendam e estarei torcendo pra tudo ficar bem, pois fazer algo somente para agradar o outro, não é legal, pois o outro sai satisfeito e você frustrada(o).

Sorte, felicidade e muito sexo ao casal =)

“Muita gente, quando pensa em casa de swing, imagina uma grande suruba, um puta bacanal, pessoas trepando até no lustre de cabeça para baixo, xotas e pintos voadores, tudo isso ao som de muitos uivos, berros e gemidos de prazer...”

Quer continuar sobre casa de Swing?É só clicar AQUI, mas antes, deixe teu comentário nesse post, ok?

*
Beijos e boa semana, lindezas.
Jana Pupo

Ahhh, e você tem "feicebuqui", né? Então add. aí a titia Jana e aproveita pra curtir a fan page do blog, ok?

Facebook / Fan Page / Twitter

*


Quem ainda não tem meu livro "Sexo, a gente lê por aqui" pode comprar direto no site da editora. É só clicar nesse link.


Dicas, dúvidas, críticas e sugestões escreva para:
jana.pupo@yahoo.com.br


- Copyright © 2013 Janaina Pupo - Traduzido Por: Template Para Blogspot